9 de março de 1961: Ivan Ivanovitch, o primeiro “homem” no espaço

Ivan Ivanovitch

Atenção, não se assuste com a foto que ilustra esta história. Não se trata de retrato do Yuri Gagarin, felizmente para ele! É verdade que a data comemora o nascimento do primeiro homem no espaço, que já voltou para lá definitivamente há mais de 50 anos num acidente de aviação. E teremos oportunidade de voltar a falar desta façanha que foi botar um ser humano girando ao redor da terra.

Mas Gagarin talvez não teria virado herói sem a participação anterior de um nome muito menos conhecido, e que não tem data de nascimento, por isso a “carona” no RG do cosmonauta. Ele foi batizado de Ivan Ivanovitch, algo em russo equivalente ao John Smith para os anglo-saxões ou ao José da Silva para os brasileiro: nome e sobrenome bem comum.

Tinha o tamanho de um cosmonauta (enquanto os ocidentais utilizam a palavra “astronauta”, os russos preferem a que criaram, originária do grego “kosmos, kosma” que pode ser traduzido por “ordem, ordenamento”), olhos, boca, cilos… mas era de borracha!

Teve também direito ao macaco regulamentar mas, no último momento, acrescentaram no local de cabeça uma placa com os dizer “maquete”, para mostrar que não se tratava de uma pessoa real. É que não se tinha tanta certeza assim do onde mesmo ia cair na volta, como acabou acontecendo de verdade com Gagarin algumas semanas tarde, quando ficou esperando a equipe de resgate por mais de dez minutos.

Os soviéticos foram os primeiros em absolutamente tudo na corrida ao espaço, subindo degrau por degrau com o máximo de segurança possível. Tudo… exceto o ponto final e o único que realmente valia para a história: o homem na lua. A frustração é compreensível, e a única vingança que lhes restou foi espalhar que os americanos teriam inventado a maior fake news da história…

Ivan Ivanovitch, o primeiro boneco no espaço é nosso convidado desta terça-feira 9 de março de 2021 nos Cabeças da Notícia >